Busca por novos Pilotos nos EUA obriga empresas aéreas a cancelarem numero recorde de voos.

Uma escassez de pilotos levou a transportadora regional dos EUA a Horizon Air a cancelar um número significativo de voos neste verão, incluindo cerca de 6% dos voos da companhia aérea em agosto, a empresa faz parte da Alaska Air Group que confirmou a noticia.

Embora a empresa diz que os cancelamentos refletem uma escassez ampla no setor de Pilotos, o sindicato dos Pilotos da horizonte culpa a empresa por políticas que diz falha ao abordar uma escassez iminente.

Os cancelamentos segundo The Seattle Times foram em 29 de junho, proativamente em uma ação que permitirá a Horizon operar confiavelmente o restante da sua rede, a empresa disse a FlightGlobal em um comunicado por e-mail.

Os cancelamentos refletem apenas 2% dos voos de agosto operado por todos as subsidiárias do Alaska Group, que incluem Horizon, Alaska Airlines e Virgin America, a empresa diz. Porem demonstra uma clara tendência entre as empresas aéreas americanas.

"Como o resto da indústria, a Horizon Air está enfrentando uma escassez de pilotos, causada pelo atrito e crescimento sem precedentes do Alaska Air Group," diz Alaska Airlines. "As coisas estão melhorando para a Horizon. Para os meses de Junho e julho as turmas de novos piloto estão cheias e nós intensificamos os nossos esforços de recrutamento".

"Mas vai levar tempo para os novos esforços de recrutamento... darem frutos," Alaska acrescenta, salientando que ele espera contratar 300 novos pilotos em 2017.

A Horizon Opera principalmente Bombardier Q400s – e tem 52 do tipo, de acordo com analisador de frotas de voo.

Os dados de agendamento da FlightGlobal mostram que essas aeronaves irão operar em torno de 11.400 Voos em agosto, o que colocaria o número de cancelamentos em quase 700.

Horizon também tem seis Embraer 175s em sua frota, embora valores mensais de voo para os aviões não estão disponíveis.

Para resolver a escassez, horizonte está pagando bônus de até US $20.000 para novos pilotos Q400 e até US $10.000 para novos pilotos E175, diz o Alasca.

Horizon também paga os pilotos inscritos em algumas escolas de voo até $11.000 em despesas e um acordo piloto recentemente alterado aumentou o salário inicial de US $40 por hora, acima de US $30 por hora, Alaska diz.

Alaska Horizon também está aumentando seu número de pilotos de reserva, implantação de pilotos de gestão para a linha de voo, aumentando seu número de recrutadores para seis de dois e adicionando mais pilotos para supervisionar o treinamento.

Horizon esta até mesmo oferecendo 200% de salario para pilotos existentes que vão voar horas adicionais, confirma Greg Unterseher, diretor do sindicato da associação de profissionais de companhia aérea (APA), uma divisão da International Brotherhood of Teamsters.

Muitas regionais dos EUA nos últimos anos citaram a falta de pilotos e muitos atribuíram a uma regra de 2013 que exige que pilotos de linha tenham 1.500 h de voo, ao invés das antigas 250h.

A APA diz que a Horizon não conseguiu resolver o problema.

"A situação na Horizon é um resultado da recusa de longa data da companhia em enfrentar a profundidade e as causas da falta de pilotos," diz a APA em um comunicado a FlightGlobal.

"Por mais de um ano e meio, pilotos avisaram sobre a crise se desenrolam com a gestão. Mas apesar desses esforços, a empresa continuou com políticas que só agravaram o problema."

O sindicato tem argumentado que baixa remuneração global contribuiu com a escassez de pilotos, e Unterseher diz que falta de um acordo formal por parte da Horizon para formalizar a passagem de pilotos pela empresa dificulta ainda mais a contratação.

Tais acordos dariam aos pilotos da Horizon um caminho definido para avançar para aeronaves maiores operados pela Alaska, ele diz.

O sindicato também tinha até recentemente criticada a Horizon por pagamentos de bônus para novas contratações, discutindo preferivelmente que a transportadora deveria aumentar globalmente seus salarios.

Com isso, em Janeiro, foi divulgada a notícia de que a APA os Teamsters processaram a Horizon, alegando que o bônus violou seu contrato trabalhista.

O problema foi resolvido quando os pilotos ratificaram um novo contrato em maio que permite a Alaska pagar até US $25.000 em de bônus para novas contratações, mas também requer que o portador pague todos os pilotos existentes $15.000 alem de seus salarios, Unterseher diz.

Em uma divulgação de gastos de 15 de Junho a Alaska disse que registrou uma única despesa de US $ 9 milhões relacionada com o novo contrato dos pilotos.

O sindicato também se opõe ao pagamento de 200% de incentivo para pilotos existentes, chamando essas táticas de "truques de curto prazo e remendos", diz Unterseher.

Como podem ver o setor nunca esteve tão quente quanto agora. E novos acordos indicam que em breve as portas estarão abertas para pilotos estrangeiros tentarem sua sorte na terra da oportunidade.

Várias escolas de aviação nos EUA hoje já oferecem a oportunidade de pilotos Brasileiros estudarem e posteriormente trabalharem em empresas aéreas americanas por um período de até 2 anos.

Já tendo o ICAO reduzira em até aproximadamente US$8000 em seu treinamento e despesas ao chegar nos EUA.

A ICAO NOW tem parcerias estratégicas com várias escolas de voo americanas e encaminhamos nossos alunos para cursos exclusivos junto a elas.

Quer saber mais? Agende já sua Aula Experimental Grátis!

ICAONOW

Seu futuro em suas mãos.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

PARCEIROS

INSTITUIÇÃO

ICAEA-logo-header.png
  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon

Com mais de 10 anos de atuação no setor de ensino de línguas.

Especializada em inglês aplicado.

Cursos elaborados conforme a necessidade de cada cliente.

Colaboramos com projetos variados por todo o mundo desde entrevistas até simuladores de vôo.

whatsapp.png

INSTRUTOR

Aviação: ICAO 6 
PILOTO MLTE IFR PLA

INVA ANAC / FAA 

Ficha Técnica:

Formação completa EUA  (Inglês Nativo)

Bacharel Ciências Aeronáuticas

Pós-graduado em ensino de  língua Inglesa com ênfase em uso de novas tecnologias (Certificado pela BRIDGE)

Google Certified Educator

Cambridge Proficiency Exam (CPE), TOEIC, CPL ,TOEFL.

Copyright © 2020 ViP Systems ltd. Todos os direitos reservados. É expressamente proibido a cópia total ou parcial de qualquer parte deste  conteúdo, bem como o uso em sala de aula de material reproduzido sem o consentimento do autor ou editor da obra, estando o infrator sujeito às penalidades previstas em Lei. Lei do Direito Autoral, LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998.